Ciência

Sonda chinesa faz pouso histórico no lado oculto da Lua

3 de jan de 2019

change-4

Um feito jamais realizado por outra nação foi cumprido pela agência espacial chinesa: pousar uma nave no lado afastado da Lua. A sonda Chang’e-4 realizou um pouso bem-sucedido na madrugada de hoje (03/01). O horário do pouso só foi confirmado oficialmente pela TV estatal chinesa às 2h da manhã.

A incrível façanha, se deve ao fato de o lado afastado da Lua estar permanentemente “de costas” para a Terra, de forma que não há linha direta de comunicação. Dessa maneira, em maio de 2018, os chineses tiveram de lançar um satélite de comunicações entre as gravidades terrestre e lunar, para que fosse possível contatar tanto a Chang’e-4 no solo lunar quanto o controle da missão na China.

A espaçonave possui design semelhante a Chang’e-3, que pousou no satélite em 2013, com o jipe Yutu. Além do jipe robótico, a Chang’e-4 conta com o módulo de pouso com um radiotelescópio que fará observações no único lugar do Sistema Solar livre da interferência de rádio das transmissões artificiais na Terra, e um experimento biológico, que consiste em ver se sementes de plantas, batatas e ovos de bichos-de-seda podem prosperar na Lua.

Gustavo Gomes, Capitão

A resistência e ira do Hulk, o senso de justiça e habilidade do Capitão América e a perseverança e estratégia do Batman. Essa combinação explosiva resultou em: Professor, Podcaster, curte Literatura, HQs, Ciência, Música, Games e Cinema.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores. Qualquer manifestação do lado negro da Força será erradicada por nosso conselho.

Siga-nos

Parceiros

Tejota Menezes
GeraLinks